• Turquinho

    Não posto fotos com vocês por aqui, né? Começarei a postar assim, com pequenos pedacinhos dos nossos corpos e sem exposição sexual ….
    (Para os que permitirem é claro)

    Este meu Príncipe tem uma alma de Rei mesmo, tenho o prazer de ter uma intimidade maior com ele faz certo tempo, nossos encontros ultrapassaram as paredes do meu quarto e passamos a ter um contato maior. Não relatarei nosso encontro só deixarei aqui meu agradecimento por ele ser quem é. São poucas as pessoas nos dias de hoje que tem uma alma tão linda de se ver e uma presença tão gostosa de se estar junto… Obrigada.

    Dani Pierre

  • Roger

    Às 19:00 ele tocava o interfone., identificou-se: “é o Lobo, Dani.”. Logo abri.

    Ele me falou ao agendar que eu já o conhecia, mas que não falaria seu nome para fazer suspense… logo eu tão curiosa tentei identificar de todas as formas, sem sucesso rsrs

    Ao abrir a porta vejo ele com seu casaco de couro e capacete na mão, o apelidei de Lobo mau, faz certo tempo e ele não esqueceu. Me puxou dando-me um beijinho fogoso, falou rindo que meu beijo continuava igual e eu lisonjeada retribui os beijos por um longo tempo….

    Whisky feito, levo para ele no quarto, que está a meia luz. Ele me pediu para colocar no Spotify um álbum novo (conhecido o moço), o fiz e ele passou algum tempo me falando deste tempo que não nos víamos.

    Falou que também viu algumas coisa que fiz ao longo do ano e que imagina que eu iria logo a sua cidade maravilhosa.

    Fiquei de pé na cama e comecei a dançar para ele. Subi meu vestidinho e retirei lentamente. Só de calcinha pedi que ele a retirasse e ele colocou suas mãos em meu quadril, beijou minhas coxas e lentamente foi abaixando minha peça de renda… comigo ali ainda em pé, pude sentir sua língua quente em meu clitóris… dei uma empurradinha para ele deitar-se e fui descendo até que ele me deixasse cuidar dele…

    Beijei seu pescoço e desci em seu peitoral chegando a seu membro. Beijei tudo e em cada pedacinho, molhei e babei cada milímetro do seu membro, ele não aguentou aquecendo meus lábios com seu gozo…. falou-me que continuo malvada, logo eu uma mocinha nada gulosa rsrs

    Dani Pierre

  • Thiago SP

    Na minha primeira temporada em Sp conheci este jovem moço, 31 anos que não são aparentes de forma alguma, seus fios grisalhos deixaram nele um charme absoluto ( é meu ponto fraco, me desmancho toda com estes homens de cabelos grisalhos, não disfarço rsrs)…

    Alto, acho que 1,80, pele morena e corpo másculo, um porte de homão mesmo!!! Sem exageros a parte, ele me agarrou após eu abrir a porta. Não teve Oi ou Olá, chegou e me puxou alí mesmo. Encosto-me na parede e beijou meus lábios e pescoço, um beijo devorador, molhado e faminto.

    Gosto de ser dominada, de sentir esse tesão todo, acho que toda mulher gosta….

    Ofereci um ducha quentinha e suco, ambos aceitos. Fiquei conversando com ele enquanto ele tomava banho… pude ver seu corpo todo molhado e sua barriguinha “saradinha” sendo ensaboadas com naturalidade, isso torna meus encontros quase como momentos com namorados, por isso devo gostar do que faço rsrs ….

    Após secar parte do seu corpo, pedi para lhe ajudar, pegando sua toalha e secando suas costas,…passei com carinho sobre seus ombros, desci percorrendo até seu bumbum, passei minhas mão em seu abdômen, secando seu membro delicadamente, e ele gemeu… ficou muito quetinho, me deixando anima-lo assim, e eu pouco a pouco deixei-o totalmente ereto. Ele puxou meu braço direcionando-me para sua frente e colocando-me sentadinha na cama. Me pediu para dar um “beijinho nele”, sorri, acenei com a cabeça que sim e passei a pontinha da língua nele… pouco a pouco fui abocanhando o que coube rsrs e ele gemendo contidamente, não parei e ele não resistiu e me avisou que não aguentaria segurar mais ….

    Aceitou outro suco para recompor-se e conversamos um pouco , falei do período que passei aqui em São Paulo e ele fez um pequeno cálculo que me fez rir muito, senso de humor espetacular e conversar inteligente, outro ponto para ele.

    Passei minhas mãos em seu corpo, bem lentamente desci com meus beijos e lambidinhas voltando ao seu membro, colocando ele ainda desanimadinho em meus lábios e não demorou até ele crescer. Lambia tudinho, seu saquinho todo raspadinho ficou todo babadinho e lambuzado, minha linguinha curiosa voltou a soltar suspiros…

    Coloquei o preservativo e apoiei-me na pontinha dos pés sobre ele, quiquei bem devagarinho, acariciando minha bucetinha enquanto sentia seu membro entrar e sair. Ele me olhava fixamente e me chamava de “gostosa” , apoiava suas mãos em meus pezinho e pude sentir quando apertou mais fortemente ao gozar todo o seu prazer… um sexo gosto e um tesão de Príncipe…

    Dani Pierre

  • Brasília: Marcelo

    Ligou-me algumas vezes até conseguir contato por Whats (é a melhor forma de falar comigo). Pediu meus últimos dois horários, não importando o dia. Falei que possivelmente na quarta-feira após 21h. Ele achou perfeito e deixamos agendadinho.

    À  tarde, quando confirmei o compromisso, ele pediu-me uma atenção especial para não estar maquiada, para usar somente batom vermelho como no meu último ensaio… ok!!!

    Às 21 abrir a porta e me deparo com um homem negro, extremamente cheiroso (nossa, e que perfume excitante!!! Cartier né rsrs), careca e bem cuidado. Jamais daria as 50 primaveras já vividas por ele. Puxou minha cintura e me tomou para si, seus lábios grossos me beijaram por inteiro… beijo macio e lento, envolvente e instigante….

    Pediu-me um Bourbon. Para mim optei pelo Swing, prefiro. Bebemos no quarto umas 2 ou 3 doses. Ele pediu para plugar sua playlist, outro gosto parecido. Colocou James Brown em um volume um pouco mais alto que o meu costumeiro. Pediu que me despisse sobre a cama dançando “vagabundamente”. Suas palavras me fizeram entender que ele queria uma boa sacanagenzinha aquela noite, ok!

    Busquei o Mark’s na sala, voltei animada com o que estava planejando fazer… subi na cama, subi e desci na pontinha dos pés, olhei para trás tirando meu sutiã… joguei para ele pegar, dancei um pouco mais rebolando meu bumbum dourado expondo para ele. O chamei pegando suas mãos direcionado-o para o centro da cama. Fui empurrando ele com os pés, peguei o Bourbon, despejei na minha boca, passando para a dele, beijando-o e deixando. Virei de costas, já em pé  desci minha calcinha… minha posição estava exatamente sobre seu rosto. Ele me puxou sentando-me sobre sua boca, sugou minha bucetinha sem pudor… retribui colocando o que foi possível em minha boca rsrs

    Ele logo me pediu o preservativo, coloquei e ele me mandou cavalgar… haaa como sou obediente… Montei!!!

    Meu vai e vem segurado por suas mãos seguido dos meus gemidinhos fez ele quase explodir. Me pediu para “gozar na cara”, acenei que sim com a carinha mais safadinha que tenho rsrs

    Desci da cama, sentei sobre meus joelhos e ele veio acariciando seu membro… que logo jorrou em mim todo seu tesão….. acho que fiz a “sacanagemzinha” Que ele queria rsrsr

    Príncipe, obrigada pelo lindo bracelete
    (não postarei para que eu possa usar na minha vida privada)

    Dani Pierre

  • Brasília 26 de Agosto

    J.B

    Agendamos no Hotel dele às 20:00, cheguei um pouquinho antes, já que minha agenda aos sábados é mais tranquila. Subi direito, minha liberação já estava autorizada na recepção. J, desde o primeiro contato, me pareceu muito organizado em seus horários e eu tento me adaptar ao máximo com quem estarei.

    Vestido preto midi, sandálias altas, bolsa discreta de mão, o necessário…
    Fui recebida por um homem de voz firme, branco, estatura média e uma barriguinha muito fofa!!!!

    Conversamos um bom tempo enquanto ele me servia uma vinho especial que veio com ele do Sul. Capaz de ser tão cavalheiro assim, né ?!

    Me pediu algum tempo depois para retirar minhas sandálias, dei um sorrisinho e acenei com a cabeça que sim, ele ajoelhou colocando meu pé sobre sua coxa e me pedindo para firmar bem… falou-me que adora mulheres altas e as de saltos altos então lhe despertam o delírio… resolvi então pedir para ele me deixar ficar de sandálias. Ele sorridente deitou-se no chão… entendi o recado.

    Fiquei de pé , colocando uma perna em cada lado do seu corpo, deixando ele ver bem minha calcinha. Passei indo e vindo, dançado para ele e me despindo ao mesmo tempo que bebia o vinho… ele sorria e passava suas mão em minhas pernas. Sou exibicionista, esse tipo de coisa me excita muito….

    Já nua, rebolei sobre seu membro de costas e ele segurava minha cinturinha com suas mãos de dedos longos e delicados… me chamava de dominadora e me pedia para acabar com sua dor. Isso em uma sequência enlouquecia de gemidos e sussurros… ele estava em transe, algo tão gostoso quanto raro de se acontecer, um nível de tesão tão desejado por alguns foi vivido por esse homem novo para mim…

    Coloquei o preservativo, apoiei minhas mãos sobre seu peitoral e cavalguei sobre ele, meu gemido era abafado pelo dele, e isso me excitava ainda mais. Toda a força do seu corpo estava em suas mãos cravados na minha cintura, um sexo intenso, que foi seguido por deliciosos momentos e inacreditáveis 3 gozos…

    Obrigada pela noite inesquecível e por me proporcionar mais uma experiência inimaginável.

    Dani Pierre

  • Pedrinho

    São Paulo 21 de Agosto
    Pedrinho

    Ele veio cedinho ao hotel, antes do seu trabalho. Há muito tempo me namora, aqui pelo blog desde minha primeira temporada em SP, mais tudo tem seu tempo certo e o nosso era hoje. Um homem de 50 e poucos anos , cheiroso, barba bem feita e terno feito sob medida.

    O recebi de vestidinho preto com costas nuas , só de calcinha preta rendada e meu mais novo queridinho, meu Louboutin Stiletto. Após nossos longos beijos de recepção e suas mãos percorrerem minhas pernas, adentrando sem sutileza alguma minhas coxas, ele me pediu para usar a ducha, acalmando um pouco o que ainda estava para explodir…

    Após o banho ele veio para o quarto me pegando sobre a cama, dançando bem lentamente uma música que tocava no Mac. Rebolei fazendo ali meu palco. Lentamente tirei do meu corpo aquele vestido, acariciando meu seios e os oferecendo para ele. Ele, por sua vez, começou a estimular seu membro. Umedeci meus dedinhos em meus lábios e desci levando para minha bucetinha, masturbei-me um pouco me mostrando completamente, e ele me chamou para sentir seu gosto. Sou muito obediente e logo fui.

    Coloquei só a cabecinha na ponta da minha língua, fazendo uma zigue-zague e olhando fixamente em seus olhos. Ele foi empurrando pouco a pouco me fazendo engolir tudo que pude. Me pediu o preservativo que ele já não suportaria muito.

    Colocado, ele veio estocando em mim sem cerimônia, segurava minha cinturinha e me penetrava, tirava e colocava para não terminar logo rsrs

    Me pediu para cavalgar um pouco, pois queria gozar assim, montei sobre ele de costas , engoli todo o seu membro, pompoando bem devagar e ele não resistiu…. ele gemeu bem alto e logo me chamou de demonia, logo eu ….

    2 horas juntos, outro bom sexo e , ele se acabou indo trabalhar com um sorriso de orelha a orelha .

    Um beijo, Dani Pierre